Dicas rápidas para “ economizar energia” no escritório:

1. Ar Condicionado

você pode desligar o ar condicionado meia hora antes do fim do expediente e também durante o almoço – a sala ainda permanecerá climatizada! no inverno, desligue a refrigeração do ar condicionado e ligue só o ventilador; onde houver aparelhos de ar condicionado em uso, deixe a porta fechada; não deixe o aparelho em lugares quentes, próximo de equipamentos elétricos ou na incidência do sol. Isso faz ele trabalhar mais, desnecessariamente; na hora de comprar um aparelho novo, confira se ele possui o selo PROCEL de consumo reduzido; dimensione corretamente a sua necessidade e o seu aparelho. Existem tabelas prontas para este cálculo – pergunte para o vendedor, ou consulte diretamente os fabricantes (ex: home page das indústrias, etc); pela manhã você pode resfriar o ambiente, abrindo as janelas; para edifícios, examine a possibilidade da instalação, na parte exterior do prédio, de brise soleil, que impedem a incidência de raios solares, principalmente nas áreas envidraçadas. ( Solução passiva, com conceitos da arquitetura bioclimática).

2. Computadores e outros equipamentos

Ative o energy saver,  do seu monitor (modo econômico);

Economize energia com o Windows

É possível fazer com que o micro, depois de determinado tempo de ociosidade, desligue o monitor e o disco rígido, e deixe todo o sistema hibernando até que você movimente o mouse ou pressione alguma tecla.

Além do protetor de tela, que evita que uma imagem congelada acabe desgastando o fósforo do seu monitor, o Windows oferece alguns meios para você economizar energia. Clique com o botão direito do mouse sobre a área de trabalho e selecione Propriedades; Selecione a  ficha “Proteção de tela” e clique no botão Energia.

O próprio Windows sugere alguns “esquemas de energia”. Confira:

O consumo de um micro fica em torno de 0,2 kWh – ou seja, 0,2 kW em cada hora de uso efetivo. Em repouso (todos os componentes ligados, mas sem programas executando operações), esse número baixa para 0,12 kWh, o equivalente a duas lâmpadas comuns de 60 watts. E, no modo de espera, 0,04 kWh – ou seja, uma redução de 66%.

No caso dos monitores, o consumo aumenta conforme o tamanho, mas a diferença não é tão grande assim. A maioria dos monitores de 14″ atuais consome em torno de 80 W, os monitores de 17″ por sua vez consomem entre 100 e 110 W, dependendo do modelo.

 Acione Painel de Controle/Vídeo e trata para o primeiro plano a ficha ” Proteção de Tela”. Indique um protetor de tela que tenha o máximo de áreas escuras. Quanto mais cores brilhantes no monitor, maior o consumo de energia. Informe ao sistema para contar quantos minutos de inatividade até acionar o screen saver.

Procure deixar periféricos como impressora e scanners desligados da tomada se não estiverem em uso. As caixas de som ficam ligadas o tempo todo; se não estiver usando, desligue.

Em casa

1. com iluminação: utilizar cores claras na pintura de paredes internas e do teto; utilize a iluminação de acordo com o tamanho e a finalidade do ambiente; aproveitar ao máximo a iluminação natural; estude a possibilidade de abrir novas janelas em pontos estratégicos da sua casa; por desinformação das pessoas na hora de construir, acabamos por perder grandes oportunidades de aproveitar a energia do sol, que é de graça. Isso vale também para novos projetos; utilizar lâmpadas fluorescentes em ambientes que necessitam de maior iluminação (duas lâmpadas fluorescentes de 20 watts iluminam mais que uma incandescente de 100 watts); quer mais? procure pelas publicações da ABILUX – Associação Brasileira das Indústrias de Iluminação;

2.  com o chuveiro

No verão, deixe a chave na posição “verão”; estude a possibilidade de instalar um aquecedor de água por energia solar. Atualmente esses aquecedores estão com preços mais acessíveis, e necessitam de baixa manutenção;

3. com a geladeira

Fazer o degelo periodicamente; evite colocar alimentos ainda quentes. Se não for possível esfriar por completa, coloque-os na parte inferior da geladeira; a geladeira não deve ficar próxima de lugares quentes, como fogão ou a janela que bate sol; não deixar a porta aberta por muito tempo; verificar a vedação da porta. Um teste simples consiste em colocar uma folha de papel entre a porta e a geladeira. Se ao fechar a porta,a folha de papel puder ser retirada com facilidade, as borrachas de vedação não estão mais em bom estado;

4. com os equipamentos elétricos

Não deixe transformadores (ex: 110/220) ligados na tomada desnecessariamente. Mesmo fora de uso, eles consomem energia.

Utilize o ferro de passar roupa uma única vez, deixando acumular uma quantidade razoável de roupa. Você pode também alisar com as mãos as roupas logo ao tirar do varal. Isso reduzirá o tempo de utilização do ferro; utilize a máquina de lavar roupa/louça de única vez, deixando acumular uma quantidade razoável de peças; tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente a televisão e o vídeo cassete;

Abaixo segue uma tabela dos principais equipamentos elétricos e o seu consumo dentro de casa.

Anúncios